Jornada

O que aconteceu depois de um ano que chutei o balde

Quarta feira de cinzas de 2015. Depois de uma noite insone de choro e desespero, sabendo que o jeito que eu levava minha vida não me fazia mais feliz, às 7 da manhã da porta de um supermercado por abrir eu escrevi um dos mais importantes e-mails da minha vida. Foi quando decidi chutar de vez o balde, e pra isso mandei uma mensagem para o UnCollege perguntando de opções de financiamento para fazer um Gap Year - tirar um ano sabático - com eles. Eu estava às vésperas de ser demitida do trabalho (e já desconfiava disso), tinha um não-relacionamento que estava muito doído, meus colegas de apartamento já tinham decidido se mudar para outro apartamento, e eu tinha que decidir se ia ficar ou se ia embora. Depois de mandar esse e-mail, comecei a mover minha vida para uma nova direção - ainda que não soubesse exatamente que norte era esse. Alguns dias depois fui mesmo demitida (para minha alegria) e me coloquei a trabalhar para mim mesma, como contei aqui. Em um mês vendi carro, entreguei apartamento, vendi coisas, tirei passaporte, tomei vacinas, fiz check-up, providenciei procurações, e tudo mais para deixar minha vida em ordem antes de sair nesse ano de aventura. O UnCollege me aceitou como fellow e eu parti para Ilhabela no início de abril. Mas tudo começou naquela quarta-feira de cinzas de 2015. (mais…)

Por Ana Paula Coelho, atrás