O Projeto

Balanço geral do Ainda Que Tardia

Parei pra analisar os dados do blog, de onde vem tráfego, como as pessoas chegam aqui. E achei algumas coisas bem curiosas nos termos de busca que fizeram a galera aterrissar no Ainda Que Tardia. Fora um pico de termos de busca relacionados provavelmente a um dever de casa passado por uma professora, achei muito divertido descobrir que no fim das coisas estou conseguindo fazer as pessoas encontrarem o que eu também procuro: liberdade. Afinal de contas, é sobre isso que é o Ainda Que Tardia, sobre essa liberdade suprimida não apenas no nome do blog, mas de nossas vidas. (mais…)

Por Ana Paula Coelho, atrás
O Projeto

Abrace o erro

A hora de começar a correr atrás da liberdade chegou. Embarco dia primeiro, já com o Ainda Que Tardia na mala, para a América do Sul. Não sei como vai ser, nem sei nem como construir direito este projeto aqui de investigar a liberdade, mas vou com a cara, a coragem e com os princípios da Lean Startup estampadas no peito: pare de planejar e comece a fazer. Uma filosofia que pode ajudar você a conquistar sua própria liberdade. A Lean Startup é uma metodologia muito usada por startups que valoriza a experimentação, a prototipação e a realização de projetos, ao invés do planejamento minucioso antes de começar de colocar em prática um modelo de negócio. A proposta é começar a empresa ou projeto, com o mínimo de recursos possível (financeiro, intelectual e até de experiência), ao invés de estar com um produto pronto e finalizado para entrar no mercado. E dentro deste pensamento, ter medo de errar é kriptonita.

ter medo de errar é kriptonita.
(mais…)

Por Fabi Soares, atrás
O Projeto

Que cara o Ainda Que Tardia tem?

Se o Ainda Que Tardia fosse uma pessoa, ela seria uma mineira muito curiosa, inquieta, de óculos no rosto, mochilão nas costas, câmera fotográfica na mão, livros acadêmicos na outra e um canvas pregado na parede do quarto. Uma menina que também adora conversar com os outros (em outra língua principalmente), não tem ideia do que é preconceito, gosta de planejar e dar aulas e, quando precisa, faz contas, coordena e bota ordem na casa. Mas o Ainda Que Tardia é um projeto e projetos têm identidade visual: um conjunto de símbolos e imagens que representam visualmente a essência de algo. E se vocês notaram, temos uma identidade visual novinha em folha que a gente quer apresentar para vocês. Ela é a soma da nossa mineiridade, da mineiridade da bandeira (Libertas Quae Sera Tamen, que vem do latim, liberdade ainda que tardia), da nossa vontade de cair no mundo e da sua liberdade. Olha só: identidade visual aqt (mais…)

Por Fabi Soares, atrás
O Projeto

Tá tendo copa e gringos

Copa do mundo de futebol no Brasil e não imaginava que eu fosse gostar tanto do evento. O futebol já não brilha aos meus olhos como antes, por motivos alheios a ele mesmo, e por isso achei que esse ia ser um evento que ia passar em branco pra mim. Botei pouca fé que viessem muitos turistas estrangeiros para BH, pelo simples fato do desconhecimento quase total da capital das Gerais aos olhos do mundo. Assim como você que achou que o Brasil ia ganhar da Alemanha, eu também me enganei. Pois tá tendo copa e tá tendo gringo. E minha vida foi suspensa temporariamente por motivos de copa, já que quase todas as noites meu destino certo é a Savassi, bairro-sede dos bares, babado, confusão e gritaria dessa bela cidade. [caption id="attachment_166" align="aligncenter" width="634"]Da esquerda pra direita e de cima pra baixo: Stuart, Bruno, eu, Anthony, Niall e um gringo aleatório. Da esquerda pra direita e de cima pra baixo: Stuart, Bruno, eu, Anthony, Niall e um gringo aleatório.[/caption] Nessas e em outras conheci muita gente legal de muito lugar diferente e essa troca cultural intensa está preenchendo meus dias de alegria e aprendizado. Como é bom olhar nos olhos dos outros e desfazer estereótipos, ter boas dicas e criar até novas amizades. Gente que a gente se afeiçoa não precisa ter nacionalidade, língua ou cultura iguais às suas, e isso é lindo demais. Olha o que e com quem aprendi até agora: (mais…)

Por Ana Paula Coelho, atrás
O Projeto

Roda Viva

Mais eis que chega a roda viva e carrega o destino pra lá. Hoje me peguei pensando como o fluxo da vida leva a gente pra lugares, passamos por ciclos, mudamos de emprego, conhecemos gente nova, temos novas ideias, misturamos com mais alguma coisa, e de repente vemos que o caminho ficou bem diferente do que pensávamos a início. como_voce_imagina_a_vida (mais…)

Por Ana Paula Coelho, atrás
O Projeto

Essa tal liberdade

liberdade Não é a música do Só Pra Contrariar, certamente. O motivo da liberdade ser meu objeto de estudo tem raízes lá na minha infância. Ontem conversando com um cara que conheci, empreendedor com uma startup de vídeos de curiosidades, ele me conta que estudou formalmente somente até a 7ª série fundamental. Aí me lembro de uma história parecida minha, em que lá pela terceira série, frustrada com os métodos normalizantes de ensino tradicional, disse para minha mãe que eu não queria mais estudar. Eu estava incomodada com o método de repetição da escola, em que o para-casa pede uma repetição sem abstração daquilo que já havia sido estudado em sala. O método ~decoreba~ nunca me teve apelo. A tabuada e o dever de casa eram meus piores pesadelos. Não fazia o menor sentido pra mim ter que decorar uma tabela (já que ela existe para ser consultada) e menos ainda transcrever para o papel mais uma vez aquilo já aprendido em sala de aula. (mais…)

Por Ana Paula Coelho, atrás