Quando a Fabi Soares entrou no projeto comigo e fez várias mudanças (pra melhor) no blog, ela escreveu um texto pra explicar o que enfim era o projeto. E como ela mesma previu, ele poderia mudar. Então hoje, um ano depois de vários aprendizados e descobertas, percebo que é hora de escrever um novo “sobre”. Mas não queria perder o lindo texto da Fabi, que foi tão importante em me ajudar a descobrir os rumos do projeto. Então resolvi documentá-lo em um post. 🙂

“Neste momento, o Ainda Que Tardia é uma criança que quando olha no espelho ainda não sabe dizer exatamente o que é ela própria e o que é apenas uma imagem. É isto que acontece quando você começa de verdade um projeto. Uma hora você sabe exatamente o por quê dele existir e o que ele quer no mundo, e tem hora que vem novas perguntas e muda tudo de novo.

Então nós vamos te contar o que a gente sabe até agora sobre o que é o Ainda Que Tardia, e já deixar avisado: tudo pode mudar. Por isso continue acompanhado as novidades por aqui, pois novas perguntas vão surgir e você é parte importante para a gente achar todas as respostas.

Afinal, WTF é o Ainda Que Tardia?

É a vontade de três meninas de viajar o mundo somado com a sua vontade de liberdade.

Parece complexo, mas não é. Pensa bem: você com certeza tem um sonho que ainda não realizou porque alguma coisa te prende. A gente quer descobrir o que é isso que te prende, quer descobrir se isso tem a ver com essa tal liberdade e, quem sabe, te ajudar a descobrir que é possível ser livre, mesmo que tardiamente.

O Ainda Que Tardia vai investigar, ao redor do mundo, se é possível ser livre.

Tá, entendi. Vocês vão investigar a liberdade, mas como?

De várias maneiras:
1) Perguntando o óbvio para as pessoas: o que é liberdade para você?
2) Viajando o mundo para ter percepções culturais diferentes do que é a liberdade.
3) Contando histórias de pessoas que não se sentiam livres, mas um dia resolveram ser e conseguiram.
4) Apontando várias ferramentas que podem ajudar você a realizar um sonho e ser mais livre.
5) Pesquisar teóricos, filósofos e até poetas sobre o que eles pensam sobre liberdade e depois contar tudo para você.

E o que a gente quer com tudo isso?

A gente quer inspirar você a realizar projetos, quer mudar sua perspectiva sobre a sua própria liberdade e mostrar que tudo que te prende existe só na sua cabeça (pelo menos é isso que a gente acha até agora).

E, então, você tá pronto para embarcar nessa com a gente?

Texto da Fabi Soares

Categorias: Jornada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *