Se o Ainda Que Tardia fosse uma pessoa, ela seria uma mineira muito curiosa, inquieta, de óculos no rosto, mochilão nas costas, câmera fotográfica na mão, livros acadêmicos na outra e um canvas pregado na parede do quarto. Uma menina que também adora conversar com os outros (em outra língua principalmente), não tem ideia do que é preconceito, gosta de planejar e dar aulas e, quando precisa, faz contas, coordena e bota ordem na casa.

Mas o Ainda Que Tardia é um projeto e projetos têm identidade visual: um conjunto de símbolos e imagens que representam visualmente a essência de algo. E se vocês notaram, temos uma identidade visual novinha em folha que a gente quer apresentar para vocês. Ela é a soma da nossa mineiridade, da mineiridade da bandeira (Libertas Quae Sera Tamen, que vem do latim, liberdade ainda que tardia), da nossa vontade de cair no mundo e da sua liberdade. Olha só:

identidade visual aqt

Entendeu a subjetividade? A partir dessa forma aí em cima, a gente varia a aplicação de inúmeras maneiras. Afinal, quem vive mudando o tempo todo (de lugar, de ideia, de perguntas) não pode ter uma identidade visual estática demais, né?

aplicacoes aqt

E aos poucos tudo isso que eu, a Ana e a Jacque imaginamos, vai ganhando forma, saindo do papel e se preparando para levantar voo.

ceu aqt aviao aqt

E aí? Pronto pra voar com a gente?

 

fabisoares

 

(Visited 14 times, 1 visits today)