Seja Livre

Como se organizar para realizar um sonho

Como se organizar para conseguir realizar o que você deseja? Desde que vim pro UnCollege já aprendi e desaprendi tantas coisas. A experiência tem sido tão rica que estava com dificuldade de falar de coisas práticas: eu estava no tempo de fazer e de refletir, não no de documentar. Agora, depois que passou a Launch Phase e estou organizando as coisas pra próxima aventura, a viagem pro Sudeste Asiático, percebi que não tinha falado algo muito importante: como consegui me organizar para vir pra cá em tempo recorde. Resolvi contar essa história e as ferramentas que usei para conseguir realizar um sonho. (mais…)

Por Ana Paula Coelho, atrás
Jornada

Especial dia da liberdade

Dia de Tiradentes, ou como preferi chamar, dia da Liberdade. Esse blog se chama Ainda Que Tardia inspirado pela Liberdade, omitido propositalmente da sentença inscrita em latim na bandeira de Minas Gerais (Libertas quae sera tamen). Escolhi assim por ser eu mineira, profissão essa que se ocupa de extrair as riquezas, os tesouros da terra, e de Belo Horizonte, lugar de sujeitos que se ocupam de olhar o infinito e enxergar um futuro mais bonito. (mais…)

Por Ana Paula Coelho, atrás
Seja Livre

Aqueles que reclamam e aqueles que fazem

Tenho uma frase que quando digo causo um incômodo profundo em quem ouve: "acredito que existem dois tipos de pessoas no mundo: aqueles que reclamam e aqueles que fazem". E as pessoas se incomodam quando ouvem porque quase sempre quem ouve se enxerga no primeiro tipo de pessoa. E eu também sou o primeiro tipo, e você também. E todos nós somos, algum dia, alguém que reclama mais do que faz. Mas podemos ser alguém que faz mais do que reclama. Sabe o princípio de Pareto? Você pode escolher fazer 80% do tempo em vez de reclamar 80% do tempo. A grande parte das pessoas é da turma do #mimimi que terceiriza a responsabilidade da própria vida, da felicidade, da cidadania, da mudança do país, da melhoria da qualidade de vida, do fim da corrupção... acho que você já entendeu e é desnecessário continuar a lista. A responsabilidade é sua, não é do governo, não é dos seus pais, nem do seu vizinho, nem do seu colega de trabalho, nem do seu chefe, nem do professor, nem do seu marido, nem da sua namorada. É sua mesmo. (mais…)

Por Ana Paula Coelho, atrás
Seja Livre

Como descobrir o que quero fazer pro resto da vida?

Estamos de volta com a programação anormal deste blog que vos fala, agora repaginadas depois desse período de escassez. Prometemos novos posts ultra-legais já que durante meu processo de elaboração do TCC e da viagem da Fabi pela América Latina coletamos MUITO material legal pra compartilhar por aqui, então segura que vai ter cada vez mais coisa bacana. ESTAMOS DE VOLTA COM TUDO, GALERA! [caption id="attachment_303" align="aligncenter" width="500" class=" "]Pausa para dancinha da vitória de quem finalmente conseguiu terminar o TCC Pausa para dancinha da vitória de quem finalmente conseguiu terminar o TCC[/caption] E a primeira coisa legal é que já falamos diversas vezes aqui, aquiaqui e aqui no blog sobre um tal de Golden Circle e hoje o post é exatamente sobre isso: como descobrir o meu porquê. Você sabe dizer o que te faz levantar todos os dias da cama de manhã? Qual seu propósito na vida? Já se perguntou o que afinal de contas você realmente gostaria de fazer na vida se não tivesse que ganhar dinheiro pra sobreviver? E se der pra juntar as duas coisas? Fazer o que você sempre sonhou na vida AND ganhar dinheiro? Mas você sabe com clareza o que você quer na vida? Meu Deus, quantas perguntas, Ana. Você acordou hoje me deixando mais confusx do que explicando. (mais…)

Por Ana Paula Coelho, atrás
Seja Livre

Coisas para se fazer “antes de”

o_que_fazer_com_sua_vida   A Laís Menini, essa roomie linda que eu tenho, me desafiou a ver com ela um filme de um livro que ela tinha lido que havia gostado muito. E a citação final do livro é essa aí da imagem, que fiz questão de postar como nota no Facebook. Fiz isso logo antes de viajar com a Fabi Soares, dona do texto sobre ter 27 anos publicado semana passada, e que me chamou pra viajar com ela no feriado. Passei quatro dias ótimos, descansando e fazendo coisas novas, como andar de Jet Ski. O que me lembrou de ressuscitar outra nota antiga, de uma lista que fiz: a Bucket List, ou, lista do que fazer antes de bater as botas. (mais…)

Por Ana Paula Coelho, atrás
Seja Livre

BMC e Golden Circle – Colocando ideias em vários papéis

Um belo dia resolvi mudar e fazer tudo que eu queria fazer. Assim começou a esperta ideia de jogar fora boa parte do TCC que eu, Isabella e Laís já tínhamos feito, de uma ideia que era bem legal, inclusive. Havia sido aprovada com louvor na primeira banca e já tinha inclusive recebido a segunda orientação. Aí, loucas do c* (como diz a Laís) que somos, resolvemos jogar tudo no lixo e recomeçar, cada uma em um projeto diferente. Mas por quê? Pergunta você, caro leitor. Eu respondo: propósito. Como disse, a ideia era bacana, já estava bastante desenvolvida e para nós, enquanto estudantes entregadeiras de trabalho, seria fácil terminá-lo. Mas acontece que as pessoas envolvidas (membros da banca, professor orientador e tal) começaram a perguntar pra gente se iríamos transformar mesmo aquela ideia em negócio, que ela merecia que estava muito legal e tudo mais. Mas nenhuma de nós sentia que aquela ideia se ligava verdadeiramente ao nosso propósito. Ela resolvia um problema que existe, que tem possibilidade de ser transformada em um negócio viável e interessante: poderia possivelmente passar num processo de aceleração para uma startup. Mas nem eu nem nenhuma das minhas caríssimas colegas sentia que queria colocar essa ideia em prática.   [caption id="attachment_93" align="aligncenter" width="634"]Começando o trabalho de novo. Começando o trabalho de novo.[/caption] (mais…)

Por Ana Paula Coelho, atrás
A Liberdade

O mundo conspira a seu favor

Não é a teoria do segredo, mas eu acredito que existe por aí uma energia maluca que circula pra ajudar a gente a conseguir o que quer. No mínimo, pra quem é completamente cético, há que se crer que usamos conscientemente pouco do nosso cérebro e que temos atenção seletiva, ignoramos os estímulos que não nos servem e focamos naqueles que nos ajudam a terminar nossas tarefas. Fazemos isso o tempo todo, pra ler, ouvir música, trabalhar, atravessar a rua. Imagina se tivéssemos que prestar atenção em tudo que nos cerca, absolutamente tudo, para essa simples tarefa de olhar um lado e outro da rua e começar a andar? Assim sendo, nossa atenção se volta para aquilo que precisamos realizar. E o fato de você começar a pensar em um assunto, já desperta sua atenção para coisas relacionadas a ele. Quer bater uma aposta? Comece a procurar carros amarelos na rua. Você nunca vai ver tanto carro amarelo na sua vida e vai começar a achar que eles sofreram um aumento de venda. Não é, foi só você que começou a prestar mais atenção nessa cor, e sem querer vai vê-los mais por aí. [caption id="attachment_62" align="aligncenter" width="634"]Goethe - o mundo conspira a seu favor "Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma, todo o universo conspira a seu favor." Johann Goethe (Triste descobri que o Paulo Coelho também fala isso, aff, mas né, ele é um mero copycat, já que Goethe falava isso no século 18)[/caption] (mais…)

Por Ana Paula Coelho, atrás
Seja Livre

Como transformar uma ideia em um projeto

De boas intenções o inferno está cheio. De boas ideias também. Ter uma ideia legal não é das coisas mais difíceis, o difícil é colocá-la em prática. Ué, mas existe diferença entre as duas coisas? Não basta ter uma ideia brilhante pra ficar rico? Não, caro amigo, não basta. O "como" fazer uma ideia se tornar realidade é na grande parte das vezes o que distingue homens de meninos, e é aí que essa história aqui entra. [caption id="attachment_24" align="aligncenter" width="300"]IMG_3933 O valor de uma ideia está em seu uso.[/caption] Falei dessa minha ideia de viajar o mundo investigando a liberdade pra um bocado de gente, e 100% das vezes a reação foi super positiva. Mas essa ~puta ideia genial~ só vale se sair do papel, porque convenhamos, né, quem nunca quis viajar o mundo? Mas ter grana, ou pior, no meu caso que não a possuo, inventar os meios de realizar essa ideia é que é o difícil. Parte 1 - Mindset A parte número 1 desse trabalho foi reorganizar a forma que penso. Me libertar, euzinha mesma, de várias ideias preconcebidas: (mais…)

Por Ana Paula Coelho, atrás